Conferencistas

Jesus Lau   |  Emilce Sena   | Alexandre Le Voci Sayad
Henry Alberto Chero Valdivieso    |    Glòria Pérez-Salmerón

Antonio Miranda   |   Antonio Carpallo Bautista   |   Patrícia Henandéz Salazar |

Jesus Lau (Universidad Veracruzana – México)
primeiro bibliotecário a ter grau profissional em seu estado natal de Sinaloa, o segundo mexicano a ganhar um doutorado (PhD) na área de biblioteconomia e ciência da informação, e certamente o primeiro a fazê-lo na Europa. Em mais de 35 anos, tem contribuído para o desenvolvimento das bibliotecas na província mexicana, trabalhou em mais de sete universidades, principalmente como diretor. Ele tem sido formador de cerca de 500 pessoas através de programas de treinamento para bibliotecas públicas e universitárias, com financiamento do governo, além do ensino formal universitário. Tem sido membro ativo de associações, tanto nacionais como internacionais. No México foi o primeiro presidente da Associação Mexicana de Bibliotecários, na década de 70. Internacionalmente destaca-se por seu trabalho na IFLA, onde ocupou os mais altos cargos, inclusive sendo membro do Conselho de Administração, autor de diretrizes internacionais sobre o tema, traduzido em mais de 12 idiomas. Criou e organizou concursos internacionais na área de Biblioteconomia. Sua contribuição como autor e editor de livros, mais de 20 na área. Ele tem participado em vários projetos da UNESCO, sendo o mais recente como pesquisador no desenvolvimento de um modelo de indicadores de competências de informação da UNESCO(MIL). Atualmente é membro de mais de 10 conselhos editoriais de revistas no Brasil, EUA, Espanha, Grã-Bretanha, México, Peru, Venezuela e Rússia entre outros. Membro do Sistema nacional de Pesquisadores do México, sua carreira tem sido, em suma, uma tríade profissional integralmente incluindo administração, ensino e pesquisa na área de biblioteca e ciência da informação.

início

Emilce Emilce Sena (UNA)
Licenciada em Ciências da Biblioteca pela Universidade Nacional de Assunção, Doutor em DOCUMENTAÇÃO, da Universidade Carlos III de Madri. Professor-Pesquisador da Faculdade Politécnica da Universidade Nacional de Assunção. Ela é Pesquisadora, Nível I Categoria de PRONII, CONACYT. Ele tem numerosos artigos publicados em revistas, nacionais e internacionais de reconhecido prestígio no setor de Ciências da Informação e Ciências Sociais. Além disso, ele participou de inúmeras conferências internacionais com apresentações e comunicações da área. Ele também dirigiu inúmeras teses de pós-graduação, que apoiam sua carreira acadêmica e profissional.
oi Coordenadora do Programa Nacional de Incentivos para Investigadores (PRONII) do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia, CONACYT, (2011). Foi Diretora da Revista Científica Internacional de Pesquisa em Ciências Sociais (RIICS), publicada pela Universidade Autónoma de Assunção, 2011-2016.
É professora do Departamento de Gestão da Faculdade Politécnica e da Faculdade de Engenharia da Universidade Nacional de Assunção.oi Coordenadora do Programa Nacional de Incentivos para Investigadores (PRONII) do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia, CONACYT, (2011). Foi Diretora da Revista Científica Internacional de Pesquisa em Ciências Sociais (RIICS), publicada pela Universidade Autónoma de Assunção, 2011-2016.
É professora do Departamento de Gestão da Faculdade Politécnica e da Faculdade de Engenharia da Universidade Nacional de Assunção.
É professor regular da Direção Geral de Pós-Graduação Acadêmica, sob a reitoria da Universidade Nacional de Asunción e FUCEUNE, Universidade Nacional do Oriente, para a área de Metodologia de Pesquisa Científica.
Atualmente, ele é responsável por: Coordenador do Programa de Pós-Graduação e Grupo de Pesquisa em Ciências da Informação (GICI) na Faculdade Politécnica e Representante do Pessoal Docente antes da Assembléia Universitária da Universidade Nacional de Assunção.

início

Alexandre Le Voci Sayad (Brasil)
É jornalista e educador, com especialização em inovação pela University of Califórnia – Berkeley. Atualmente é CEO e fundador da ZeitGeist (Educação, Cultura e Mídias). Na ZeitgGeist , implementa projetos inovadores em educação para os setores privado, público e terceiro setor. É também membro do conselho diretivo da GAPMIL (Aliança Global em Mídia e Educação) da UNESCO internacional. É articulista do portal Quem Inova. Sayad fundou a plataforma social MyFunCity (premiada pela ONU – WSA Mobile como aplicativo social em 2012) e a ONG Cidade Escola Aprendiz; escreveu como articulista em O Estado de S.Paulo. Como escritor, é autor do livro “Idade Mídia: A Comunicação Reinventada na Escola” (Editora Aleph), dentre outros. É também membro da agência REPENSE, como “Repensador” na área de educação e também fundador e membro da diretoria e fundador da Associação Brasileira dos Profissionais de Educomunicação (ABPEDUCOM).

início

Henry Alberto Chero Valdivieso (Universidad Católica Los Ángeles de Chimbote – Peru)
Doutor em Administração da Educação, Mestre em Educação com ênfase em Investigação e Currículo, Licenciado em Educação Matemática, Doutorado pelo Espaço Europeu de Educação Superior na UNED de Espanha, na especialidade de Comunicação e Educação em entornos digitais. Estudos de pós-graduação em engenharia de sistemas com menção em Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). Diplomado em Estudos Avançados (DEA) pela Universidade UNED de Espanha. Diplomado em Psicopedagogia. Diplomado em Educação a Distancia. Auditor Interno em ISO-9001-2000. Diplomado em competências docentes para o século XXI (TECNOLÓGICO de-Monterrey-México). Diplomado como Tutor virtual pela Organização de Estados Americanos -Instituto de Estudos Avançados para América- OEA-INEAM-Washington DC Diplomado em Estratégias para a Ensino de Matemática pela Organização de Estados Americanos -Instituto de Estudos Avançados para América- OEA-INEAM -Washington DC; Diplomado em Qualidade da Educação Básica por OEA-INEAM-Washington D.C; Diplomado em Atualização en habilidades didáticas (TECNOLÓGICO de-Monterrey-México). Certificado como Diretor de Cursos virtuais pela Universidade UNAD de Colombia (2010); Certificado pelo Instituto para a qualidade da Educação a Distância (CALED) no curso Auto-avaliação para programas de Graduação a Distância (2011).

início

Glòria Pérez-Salmerón (Espanhã)
atualmente Presidente eleita da IFLA e Presidente da Federal Espanhola de Associações de Arquivistas, Bibliotecários, Documentação e Museus (FESABID) Licenciada em Documentação pela Universidade de Barcelona e em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade Escola Jordi Rubió e Balaguer de Barcelona. Mestre em Administração Pública e Público na Sociedade da Informação e Governo eletrônico. Esteve envolvida na gestão e serviços de biblioteca em todos os níveis, desde a criação e gestão de uma biblioteca pública local para posição mais alta da Espanha como diretor da Biblioteca Nacional, a Espanha (2010-2013). Durante seu mandato na Biblioteca Nacional de Espanha lançou o Heritage Biblioteca Virtual Ibero-Americano e supervisionou a a incorporação da Biblioteca Digital Mundial Hispânica e o Catálogo da Biblioteca Nacional no WorldCat da OCLC.

início

Antonio Miranda
Professor e ex-coordenador do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação do Departamento de Ciência da Informação e Documentação da Universidade de Brasília, Brasil, ministra aulas e cursos por todo o Brasil e países ibero-americanos. Aposentado, é professor Colaborador Sênior, e orientador de teses e pesquisas. Também é consultor em planejamento e arquitetura de Bibliotecas e Centros de Documentação. Organizador e primeiro Diretor da Biblioteca Nacional de Brasília, de fev. 2007 a out. de 2011. fev. 2015-maio 2017.
Doutor em Ciência da Comunicação (Universidade de São Paulo, 1987), fez mestrado em Biblioteconomia na Loughborough University of Technology, LUT, Inglaterra, 1975. Sua formação em Bibliotecologia é da Universidad Central de Venezuela, UCV, Venezuela, 1970.

início

Antonio Carpallo Bautista (Espanhã)
é Doutor pela Universidade Complutense de Madri, atualmente Diretor Adjunto de Planejamento Acadêmico e Pesquisador e Coordenador de Doutorado na Faculdade de Ciências da Documentação da UCM e Professor da mesma Faculdade, onde ensina temas relacionados à análise documental , a edição nos séculos XIX e XX, o livro antigo e a ligação. Sua linha de pesquisa centra-se no estudo das ligações artísticas. Co-diretor do Bibliopegia Grupo: Grupo de Pesquisa Encadernação e velho livro (941.369) da UCM e participou como investigador principal no projeto: Complutense Research Project 2004 “Ligações artísticas da Biblioteca Complutense: Análise Documentário”; Projeto de Pesquisa Santander / Central-Universidade Complutense de Madrid 2007-2009 “As Ligações da Catedral de Toledo: Catalogação e Divulgação”; Projecto de Investigação I + D + i do Ministério da Ciência e Inovação 2009-2012 “Estudo, identificação e catalogação automatizada das ligações artísticas da Biblioteca Histórica da Universidade Complutense e da Biblioteca Histórica da Cidade de Madrid”; Projeto de Pesquisa I & D & I do Ministério da Ciência e Inovação 2012-2014 “Estudo, identificação e catalogação automatizada das ligações artísticas da Biblioteca da Real Academia da História”; Projeto de Pesquisa Santander-Complutense 2016-2017 “As ligações da Real Academia de Belas Artes de San Fernando: estudo, digitalização, identificação e divulgação”.

início

Patrícia Henandéz Salazar (Espanhã)
doutora em Ciências da Informação pela Universidade Complutense de Madrid, Pesquisadora do Instituto de Pesquisa em Bibliotecas e Informação (IIBI), Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM). No momento eu sou o Coordenador da Pós-graduação em Biblioteconomia e Estudos da Informação da UNAM.
Desenvolveu vários projetos relacionados aos fenômenos de usuários de informações, treinamento de usuários e alfabetização de informações. Tem mais de 70 publicações, entre elas os livros O treinamento de usuários de informações para instituições de ensino superior, métodos qualitativos para estudar usuários de informações e tendências em alfabetização de informação na América Latina. Fez pesquisa na University College London, Londres, Inglaterra, com o projeto O impacto dos e-books sobre o comportamento informativo dos estudantes universitários.É professora e professora de Bacharelado e Pós-graduação em Biblioteconomia e Estudos de Informação, UNAM. No Bacharelado, ensina o tema Usuários da Informação e no Mestrado no Seminário de Estudos de Usuários e no Curso de Educação Monográfica dos Usuários.

início

Juan José Prieto (Espanhã)
Doutor em Ciências da Documentação e Bacharel em Economia. Trabalha na Biblioteca da Universidade Complutense há 15 anos e é professor na Faculdade de Ciências da Documentação.
Foi membro do Conselho de Administração da SEDIC durante os anos 2013-2015, colaborador do Observatório de Imagem da Espanha na Área de Cultura do Real Instituto Elcano e colaborador do Grupo de Interesses Especiais da IFLA – Novos Profissionais desde 2011.

início